sexta-feira, 24 de junho de 2011

CORPUS INSCRIPTIONUM LATINARUM VI: EPITÁFIO PARA A SEPULTURA DE UM CÃO


Um antiquíssimo autor grego, cujo nome não se sabe, mandou compor um epitáfio para a sepultura de seu cão e que foi traduzido assim para o latim:

Latratu fures excepi, mutus amantes;

Sic placui domino, sic placui dominae.


Recebi os ladrões ladrando, recebi os amantes mudo;

Assim agradei ao senhor, assim agradei à senhora.

Paulo Barbosa.

3 comentários:

  1. Poderia me dizer, por gentileza, como chegou a essa informação? Estou a pensar na presença de animais em epitáfios, como também em provérbios... quantos registros notáveis haverá nesse tópico?

    ResponderExcluir
  2. Caro "Cá estou eu!", esta informação, se não me falha a memória, está no livro Gramática Latina de Bivar, editado no Porto lá pelos anos 30 ou 40. Neste compêndio se encontra muitos fatos e anedotas curiosas.

    Espero ter respondido sua indagação.

    Direto da Bahia,

    Paulo Barbosa

    ResponderExcluir
  3. Muitíssimo obrigada.

    Vou à procura da referência que me deu.

    Meus cumprimentos.

    ResponderExcluir